23 DE Abril DE 2020

Certamente que, em algum momento, já terá considerado desconectar-se digitalmente e apagar todos os seus dados. Será possível?

Se alguma vez teve um perfil numa rede social, desde o início das redes sociais, com o MySpace ou Fotolog, ou as actuais Twitter, Instagram, Facebook, entre outras, de certeza que os seus dados pessoais podem ser encontrados na rede. Além disso, todos estamos habituados a usar a internet para pesquisar voos, comprar bilhetes, fazer transações bancárias ou compras.

 

Quanto mais navegamos, mais informação nossa fica armazenada na web e deixamos um rasto acessível a qualquer pessoa em todo o mundo, mas já existem ferramentas para eliminar a sua impressão digital.

 

Uma das opções (entediantes) que existem passa por colocar no motor de pesquisa da Google o seu nome e apelido entre aspas e ver em que páginas, uma por uma, se podem encontrar conteúdos seus e apagá-los (comentários e contas). Como é um processo que pode tornar-se infinito, de acordo com a jornada de cada um nas redes, surgiram sites que fazem esse trabalho por nós!

 

Deseat.me, por exemplo, só precisa de um email para poder ter acesso a todas as nossas informações online existentes (sempre e quando tenhamos usado o mesmo email para registo) e, com apenas um clique, é possível apagar tudo.

Há alguns meses o parlamento Europeu promulgou a lei europeia do direito ao esquecimento, com base na qual podemos solicitar à Google que elimine toda a nossa informação.

Apesar da lei, a Google não precisa de excluir todas as informações, pois pode recursar-se a eliminar dados sobre negligência profissional ou fraudes financeiras.

Assim, como em tudo, pense bem antes de publicar informações na internet.

También te puede interesar