27 DE Julho DE 2020

No mês anterior exploramos a relação entre a criminalidade e o verão, tendo sido concluído que uma das teorias mais utilizadas para a explicar é a teoria das atividades de rotina1.

Relação entre criminalidade e verão

A partir da análise feita, concluiu-se que as temperaturas mais altas alteram as rotinas dos indivíduos e convidam-nos a passar mais tempo fora de casa, o que leva a um contacto mais próximo com outras pessoas, à presença em multidões (em locais turísticos, festivais, discotecas, etc.), ao maior consumo de álcool e às férias longe de casa2,3,4,5,6. Tal aumenta as oportunidades para o crime e, consequentemente, o risco de vitimização4,7.

 

Comportamentos de proteção a adotar

Foi estabelecido que o crime contra a propriedade doméstica sofre de um padrão de flutuações cujo pico se encontra no tempo de verão8. Logo, se passar férias fora de casa, certifique-se que deixa tudo fechado, pois portas ou janelas abertas são um convite para um potencial ofensor; dê aparência de atividade na sua habitação ao deixar as luzes acesas, se possível, ou então colocar temporizadores nas mesmas; peça a uma pessoa de confiança, de preferência um vizinho, para se manter atento à sua casa e recolher o correio; e não publicite que vai ou está de férias, especialmente nas redes sociais8,9,10,11,12. Além disto, a PSP e a GNR oferecem programas de vigilância e proteção do seu domicílio, aos quais pode aderir entre julho e setembro no caso de ir de férias para longe da sua habitação9,12.

Durante as férias, principalmente em locais que não conhece bem, esteja atento e vigilante, planeie as suas atividades e movimente-se sempre em grupo8,13. Em situação de multidões, mantenha-se junto do seu grupo, garanta que a sua bolsa/mochila está fechada e proteja os seus outros bens enquanto estiver a caminhar, não os deixando sem monitorização, já que os carteiristas aumentam a sua atividade durante este período9,11,12.

Além disto, mantenha-se sempre alerta ao operar uma caixa de multibanco e guarde bem o dinheiro quando terminar, não beba álcool em excesso ou consuma drogas que o possam deixar mais vulnerável e menos alerta, e evite locais ermos, escuros e desconhecidos, especialmente se estiver sozinho9,10,12,13,14.

Ao se movimentar de carro, sempre que sair tire as chaves da ignição, feche todas as janelas, certifique-se que o carro fica trancado e que não deixa artigos de valor expostos no interior. Defina bem o seu itinerário, principalmente se for à noite, e garanta que tem combustível suficiente para a ida e para o regresso. Se possível, e se ainda não tiver, instale um alarme anti roubo no seu carro antes de ir de férias8,9,10,12.

Se recorrer aos transportes públicos, planeie a sua viagem. Fique alerta e proteja os seus pertences, afaste-se de comportamentos antissociais, escolha paragens bem iluminadas e cuidadas, e pareça sempre confiante e assertivo no que está a fazer, uma vez que os ofensores normalmente atacam pessoas que se aparentam mais vulneráveis9,10,11,13.

Durante este período, certifique-se que existe sempre alguém que sabe dos seus planos, especialmente com quem e onde está, e mantenha o seu telemóvel sempre com bateria no caso de ter de contactar essa pessoa13.

No caso de sofrer um crime, contacte imediatamente as autoridades. Para tal, garanta que tem conhecimento sobre que números deve utilizar, especialmente no estrangeiro, e guarde-os no seu telemóvel. Informe-se ainda de onde se encontra a esquadra da polícia mais próxima 9,10,12.

 

Mudanças provocadas pela pandemia

É interessante pensar sobre as diferenças que se vão notar no verão deste ano por consequência da pandemia de COVID-19, nomeadamente no turismo. Existem regras e sensibilizações para as pessoas manterem a distância de outros, evitarem aglomerações e espaços fechados, além de que as férias fora de casa não estão no plano de muitos portugueses. Isto terá, então, consequências para a relação aqui descrita.

Isto não invalida, porém, os conselhos e dicas aqui apresentados, que continuam a ser da máxima importância para nos protegermos a nós e à nossa propriedade.

 

E você? De que forma a pandemia vai afetar o seu comportamento este verão?

 

O conteúdo publicado neste artigo é de inteira responsabilidade dos autores e não representa o posicionamento/opinião do canal Crime+Investigation.

Criminólogas: Sara Afonso e Vânia Sampaio.

 

1.       Schinasi, L. e Hamra, G. (2017) ‘A Time Series Analysis of Associations between Daily Temperature and Crime Events in Philadelphia, Pennsylvania’ Journal of Urban Health 94, 892-900. DOI: 10.1007/s11524-017-0181-y

2.       Cohn, E. (1990) ‘Weather and Crime’ British Journal of Criminology 30(1), 51-64. available from <https://ibis.geog.ubc.ca/courses/geob370/students/class07/crime_weather/misc/weather_and_crime.pdf> [10 june 2020]

3.       Hipp, J., Bauer, D., Curran, P. e Bollen, K. (2004) ‘Crimes of Opportunity or Crimes of Emotion? Testing Two Explanations of Seasonal Change in Crime’ Social Forces 82(4), 1333-1372. DOI: 10.1.1.453.3947

4.       Andresen, M. e Malleson, N. (2013) ‘Crime Seasonality and its Variations across Space’ Applied Geography 43, 25-35. DOI:  10.1016/j.apgeog.2013.06.007

5.       Stevens, H., Beggs, P., Graham, e Chang, H. (2019) ‘Hot and Bothered? Associations between Temperature and Crime in Australia’ International Journal of Biometeorology, 1-16. DOI: 10.1007/s00484-019-01689-y

6.       Field, S. (1992) ‘The Effect of Temperature on Crime’ British Journal of Criminology 32(3), 340-351. DOI: 10.1.1.978.9163

7.       Mares, D. e Moffett, K. (2019) ‘Climate Change and Crime Revisited: An Exploration of Monthly Temperature Anomalies and UCR Crime Data’ Environment and Behavior 51(5), 502-529. DOI: 10.1177/0013916518781197

8.        National Crime Prevention Council (2015) Don’t Become a Victim of Summertime Crime [online] available from <https://www.ncpc.org/news/press-releases/summer-safety-tips/> [16 july 2020]

9.       Guarda Nacional Republicana (2020) Conselhos [online] available from <https://www.gnr.pt/Cons_emCasa.aspx> [16 july 2020]

10.    New York Police Department (2020) Crime Prevention and Safety Tips [online] available from <https://www1.nyc.gov/site/nypd/services/law-enforcement/crime-prevention-and-safety-tips.page> [16 july 2020]

11.    Columbia University (2020) Crime Prevention Tips [online] available from <https://publicsafety.columbia.edu/content/crime-prevention-tips> [16 july 2020]

12.    Polícia Segurança Pública (2020) A sua Segurança, dos seus Familiares e dos seus Bens [online] available from <https://www.psp.pt/Pages/atividades/InvestCriminal.aspx> [16 july 2020]

13.    Metropolitan Police (2020) Stay safe [online] available from <https://www.met.police.uk/cp/crime-prevention/violence/stay-safe/> [16 july 2020]

14.    Scotland Police (2020) Personal Safety [online] available from <https://www.scotland.police.uk/keep-safe/personal-safety/> [16 july 2020]

Tags: ,

También te puede interesar