9 DE agosto DE 2018

Como podem as temperaturas elevadas afetar os índices de criminalidade?

 

A temperatura ambiente afeta os comportamentos humanos? E, mais concretamente, a criminalidade? Segundo vários estudos realizados em diferentes momentos, sim. Estima-se que pelo menos metade da população seja meteorossensível.  O que significa que as alterações no meio ambiente – quer de temperatura, humidade ou vento, – afetam os seus mecanismos biológicos. Temperaturas elevadas ou ventos secos podem provocar dores de cabeça e aumentar a agressividade.

 

Esta é a conclusão de estudos estatísticos que comprovaram que as temperaturas elevadas provocam um aumento da criminalidade. Mas não qualquer tipo de criminalidade, em particular crimes relacionados com violência e agressividade. Esta ideia não é nova, visto que já na Idade Média vários estudiosos se pronunciaram sobre isso.

 

Graças a estudos estatísticos realizados por cientistas como John Rotton, R. A. Baron e P. A. Bell na década de 70, chegou-se à conclusão de que o clima quente e os ambientes secos provocam um aumento de sequestros, roubos, assassinatos e crimes sexuais. Nomeadamente, John Rotton conseguiu provar, após estudar a criminalidade em mais de 800 cidades norte-americanas, que os fatores ambientais são tão proeminentes na previsão dos crimes quanto os fatores económicos ou a densidade populacional.

 

Num estudo paralelo levado a cabo por R. A. Baron e P. A. Bell também se chegou a uma conclusão significativa. A partir dos 30-32°C, o aumento exponencial do crime estabiliza-se. Assim, nas áreas onde as temperaturas são muito altas, a incidência do clima quente na agressividade não ocorre ou não é tão significativa.

 

Outro estudo realizado por Andreas Lohmeyer, diretor do departamento de luta contra o crime de Hamburgo (Alemanha), demostrou que se pode calcular de forma mais ou menos exata que por cada aumento de um grau centígrado na temperatura, o número de delitos aumenta em 0,7. Da mesma forma, calcula que num dia frio e cinzento podem produzir-se até 51 atos violentos, aumentando para 82 num dia quente de verão.

EFEITO FOEHN

 

Este efeito produz-se quando uma massa de ar quente e húmido sobe uma montanha e desce seca e muito quente pela encosta oposta. Está comprovado que este efeito provoca alterações no ser humano e provoca uma sensação de asfixia. O que este efeito tem de relevante na criminalidade é que, em locais como a Suíça ou a Califórnia, é considerado uma atenuante nos julgamentos de determinados crimes.

También te puede interesar