23 DE Maio DE 2018

Kevin Knight, professor do Instituto de Ciências da Informação da Universidade do Sul da Califórnia, foi o criador do Carmel. Um software que, instalado num supercomputador, é capaz de pensar da mesma forma que faria um assassino em série.

KEVIN KNIGHT

Depois de quase 40 anos de incógnitas, o Carmel vem tentar descodificar finalmente o famoso código Z340 enviado pelo Assassino do Zodíaco a um jornal local, San Francisco Chronicle, em 1969. Os investigadores esperam que graças a este software se possa decifrar a verdadeira identidade deste assassino, que ainda mantém as autoridades em alerta.

CÓDIGO ABERTO PARA DECIFRAR O ZODIAC

Carmel é um software de código aberto, o que significa que está disponível de forma gratuita para qualquer usuário que queira usá-lo de forma não comercial. Este programa informático utiliza a inteligência artificial e a supercomputação para “assimilar e interiorizar” o tipo de escrita nas cartas enviadas por Zodiac. Desta forma pode detetar traços identificativos que levem a encontrar a chave dentro do código Z340 e assim decifrá-lo.

ARTIFICIAL E ARTISTA

Graças à sua inteligência artificial e à análise exaustiva que fez à escrita de Zodiac, este software tem outra surpreendente função: a capacidade de escrever poesia. Ao introduzir certas palavras relacionadas a um tópico, o Carmel é capaz de escrever poemas sobre esse mesmo tema. Esta funcionalidade está disponível para todos aqui.

Acompanha os avanços do Carmel e de Kevin Knight em O Assassino do Zodíaco.

También te puede interesar