Quebrando o Silêncio

Neste especial, Manny Waks apresenta provas na Royal Commission into Institutional Responses to Child Sex Abuse da Austrália, na qual duas instituições ultraortodoxas judaicas estão acusadas de cobrir e proteger pedófilos durante os anos 80 e 90. Ao longo de duas intensas semanas no Tribunal de Melbourne, os espectadores testemunham, pela primeira vez, os rabinos e oficiais acusados dos encobrimentos a tomarem a palavra e a serem questionados. Também é revelado que Manny não foi o único membro da família abusado pelos mentores; o pai de Manny, Zephaniah Waks, conta que outros dois filhos sofreram abusos por um Professor do Centro Yeshivah, David Kramer, nos anos 90. Ele tentou que o caso fosse resolvido pelos líderes da comunidade, mas foi sujeito a um antigo código de silêncio que proíbe os judeus de falarem com a polícia sobre alegações que envolvem outros judeus. Como resultado, Zephaniah e a mulher foram praticamente excomungados e sentindo-se isolados decidiram mudar-se para Israel. Agora o outro filho Yanky concorda em falar em frente às câmaras pela primeira vez.

Ver mais informação deste programa
Partilhar no:

Hoje na TV

+ programaçao
Quem é o Assassino?: Para Além da Suspeita

21:38h

Justiça Cajun - T1: Carnaval no Louisiana

22:38h

Crianças que Matam

23:00h

60 Dias Dentro - T2: Justiça Criminal

00:40h

As Primeiras 48 Horas - T14: Dívida Assassina/ A Casa da Raiva

01:24h